SSP Brasil: Primeira Profissão Religiosa de Rodrigo Moura

by Danilo Alves, SSP
in SSP
on 21 Agosto, 2019
Ao entardecer do sábado, 17 de agosto, vigília da Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, os Paulinos do Brasil celebraram, com gratidão e alegria, a primeira profissão religiosa de Rodrigo Moura de Oliveira. Rodrigo emitiu os votos de pobreza, castidade, obediência e fidelidade ao Romano Pontífice nas mãos do Superior Provincial, Padre Claudiano Avelino dos Santos.
 
A celebração eucarística, realizada na Paróquia Santo Inácio de Loiola (dos Padres e Irmãos Paulinos, em São Paulo-SP), contou com a presença da Família Paulina, familiares e amigos de Rodrigo. A assembleia vivenciou intensamente o rito de consagração a Deus do jovem Paulino. Não faltaram momentos de emoção!
 
Em sua homilia, o Superior Provincial destacou que, “a exemplo de Maria, Rodrigo passar a ser todo de Deus. No entanto, ser totalmente de Deus não significa estar longes das pessoas. Ao contrário, a consagração religiosa paulina impulsiona sempre a ir ao encontro de todos os que necessitam e esperam a Palavra de Deus”. Durante a reflexão, foram citadas muitas palavras do Bem-aventurado Tiago Alberione, fundador da Família Paulina, sobre a consagração religiosa e a formação. Recordando o Papa Francisco, Padre Claudiano frisou a importância da fé para o apostolado dos Paulinos e para a Igreja: “sem a fé, podemos nos tornar uma ONG entre tantas que já existem”, reforçou.
 
No final da celebração, foi lida a mensagem enviada pelo Superior Geral dos Paulinos, Padre Valdir José de Castro. Além da grande alegria da primeira profissão religiosa e da Solenidade da Assunção de Maria, Padre Valdir recordou o Ano Vocacional da Família Paulina (2019-2020) e o dia da Vida Religiosa Consagrada (No Brasil, por ocasião do mês vocacional). O Superior Geral agradeceu a Deus o dom da vocação de Rodrigo, cumprimentou seus familiares e os confrades da Província do Brasil e desejou que o neoprofesso seja um verdadeiro Paulino, atento às necessidades das pessoas de nosso tempo, evangelizando com audácia e alegria na cultura da comunicação.
 
Em seus agradecimentos, Rodrigo recordou todas as pessoas que ajudaram em sua caminhada vocacional: família, párocos, formadores, irmãos de Congregação e amigos. Agradeceu a inesquecível etapa do noviciado vivida na Itália, nas raízes carismáticas da Família Paulina. Finalizou citando o Bem-aventurando Tiago Alberione: “Entra-se no noviciado como bons cristãos para sair religiosos. Uma verdadeira transformação de mente, coração, hábitos, vontade. Muda-se o estado. É o ano mais importante da vida”.
 
Terminada a celebração, toda a assembleia seguiu para a FAPCOM (Faculdade Paulus de Comunicação), onde ocorreu descontraída e alegre confraternização. Rodrigo exercerá seu apostolado como Paulino na área de produção gráfica da Editora Paulus.